Suíno vivo tem mercado estável nas principais praças

O Indicador do Suíno Vivo Cepea/Esalq, referente ao dia 19, dia 19, trouxe quedas para Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina, sendo a mais expressiva no último, de 0,30%, a R$ 3,36/kg. Rio Grande do Sul e São Paulo não tiveram alterações. O Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) da Esalq/USP ressaltou que o consumo não atendeu às expectativas do setor neste final de ano. Além disso, as unidades de abate do Sul do país direcionam sua produção para o mercado paulista, podendo pressionar os valores no estado.

Fonte: Notícias Agrícolas

0