Suíno vivo: quedas no preço são fruto de demanda enfraquecida

Suíno vivo: quedas no preço são fruto de demanda enfraquecida

Em São Paulo, o quilo está cotado a R$ 4/kg, enquanto a menor cotação é registrada no Mato Grosso, a R$ 3,17/kg. O indicador do suíno vivo Cepea | Esalq registrou queda de -0,82% no Paraná, a R$ 3,63/kg. Ao mesmo tempo, também foi registrado um aumento de 0,88% em Santa Catarina, a R$ 3,42/kg. De acordo com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) da Esalq | USP, a carne suína ganhou competitividade no mercado externo, dado o elevado número de embarques em agosto – 58,90 mil toneladas, 20,9% a mais do que em julho e 2,4% acima de agosto de 2016. Entretanto, os preços seguem em queda nas praças pesquisadas pelo Cepea. Este fator é fruto de uma demanda enfraquecida no mercado interno.

Fonte: Cepea

0