Abate de suínos cresce e tem melhor segundo semestre da série histórica

Abate de suínos cresce e tem melhor segundo semestre da série histórica

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no 2º trimestre de 2017, foram abatidas 10,62 milhões de cabeças de suínos, o melhor resultado para este período do ano desde 1997, quando foi iniciado o levantamento. Os dados estão na Pesquisa Trimestral Agropecuária. O crescimento foi de 0,2% na comparação com o mesmo período de 2016. O abate de 24,36 mil cabeças de suínos a mais no 2º trimestre de 2017, em relação a igual período do ano anterior, foi impulsionado por aumentos no abate em 11 das 25 unidades da federação que participaram do levantamento.

Santa Catarina continua liderando o abate de suínos, com 26,5% da participação nacional, seguida por Paraná (21,5%) e Rio Grande do Sul (18,5%). Entre os estados com participação acima de 1% na produção nacional, ocorreram aumentos em Santa Catarina (+95,55 mil cabeças), Paraná (+83,42 mil cabeças), Mato Grosso do Sul (+19,47 mil cabeças), Mato Grosso (+16,92 mil cabeças), Minas Gerais (+1,09 mil cabeças). Em contrapartida, as principais reduções ocorreram no Rio Grande do Sul (-119,10 mil cabeças), São Paulo (-41,49 mil cabeças) e Goiás (-12,97 mil cabeças). Com informações Agência IBGE Notícias.

Fonte: IBGE

0