MANUAL BOAS PRÁTICAS

RECEITAS

Suinocultura: Integração e comprometimento em crescer com o Brasil

O Brasil passa por mudanças e a suinocultura também. Após um 2018 de insegurança política e econômica no cenário nacional, encerramos o ano com a certeza de que somos resilientes. O embargo russo, herança de 2017, só cessou em outubro parcialmente, impactando nossas exportações; enfrentamos uma greve de caminhoneiros que parou o país, desabasteceu os sistemas de produção e trouxe prejuízos incalculáveis para todos os setores da economia, com destaque para a agropecuária e toda a nossa cadeia, que agora lida com uma tabela mínima de frete; tivemos desafios sanitários com a Peste Suína Clássica (PSC), o suinocultor teve que aprender a ser mais estratégico na compra de grãos, que teve seu preço em alta, e vimos o país divido nas urnas na hora de decidir os rumos do Brasil para os próximos quatro anos.

Neste cenário provocativo, nos preparamos para receber 2019 com esperança e boas perspectivas para o agronegócio brasileiro, um dos mais produtivos mercados no mundo, e, em consequência, para a nossa suinocultura. O anúncio da deputada federal e atual presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), Tereza Cristina (DEM), como ministra da Agricultura do governo Bolsonaro trouxe otimismo para todo o setor. Além disso, o novo presidente apresenta em sua agenda temas como redução de burocracia e reformas estruturantes, principalmente da Previdência Social e a tributária, muito positivos para o desenvolvimento da nossa atividade.

O otimismo com o novo governo nos dá ainda mais combustível para continuar trabalhando em conjunto e aprimorando nossa produção e indústria, levando ao consumidor um produto cada vez mais reconhecido por sua qualidade, segurança e sabor. Uma das grandes entregas da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS) aos brasileiros, com o apoio de suas afiliadas e do Sebrae Nacional, é a realização da Semana Nacional da Carne Suína (SNCS), que a cada ano cresce significativamente, aumentando a penetração da proteína entre os consumidores.

A campanha representa um resultado cíclico de toda a nossa cadeia, unida, com um objetivo em comum e que traz um resultado claro: sustentabilidade para a suinocultura brasileira, gerando renda, empregos diretos e indiretos e trazendo desenvolvimento para a nossa atividade. A carne suína tem se consagrado como uma opção saborosa e

saudável para o dia a dia e tem sido apresentada de forma diversificada pelo varejo, que hoje já aposta, inclusive, em sua versão moída já aprovada pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Temos em nossas mãos e em nossa união a força de mais de 20 mil suinocultores que trabalham incansavelmente na busca mudança, crescimento, aprimoramento! A cada ano, vemos novas tecnologias surgindo e todo nosso setor integrado, se adaptando e buscando, juntos, resultados que impactam nosso mercado interno e externo, elevando a produção brasileira como uma das melhores do mundo.

A ABCS acredita na construção compartilhada da suinocultura brasileira e vê nisso grande parte do nosso valor. Temos no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (FNDS) uma oportunidade de transformar nossa realidade para melhor. Vamos, unidos, nos preparar para mais um ano! Tenho certeza que desafios virão, mas integrados venceremos um por um e sairemos mais fortes.

Por Marcelo Lopes

Presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos

You may also like...

Sorry - Comments are closed